Pages - Menu

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Amar, ser amado e estar amando...

Logotipo do seriado exibido pela Rede Globo de Televisão.
“Dizem que as pessoas se apaixonam pela sensação de estar amando, e não pelo amado. É uma possibilidade... Parece o final de um amor, mas não era amor. Era algo recém-nascido em mim ainda não batizado. E quando acabou, foi como um programa de televisão que sai do ar e ninguém desliga o aparelho, fica ali o barulho a madrugada inteira, o chiado, a falta de imagem, uma luz incômoda no escuro”

Trecho do livro: Divã da autora Martha Medeiros

Olá leitores =)

Hoje resolvi fazer uma resenha totalmente diferente, isso porque o livro pede isso. A história é realmente envolvente e apaixonante, a escrita de Martha Medeiros é incrível e você acaba fazendo uma terapia juntamente com Mercedes e seu terapeuta Lopes.

Livro: Divã
Autora: Martha Medeiros
Editora: Objetiva
Páginas: 154
Ano: 2002
Gênero: Literatura Brasileira

Mercedes é uma mulher de mais de 40 anos, tem três filhos, é casada, classe média, e um dia tem a brilhante idéia de fazer análise. O que começa com uma brincadeira acaba por se transformar em um ato de libertação: poético, divertido, devastador.

“Nunca fiz terapia, estou sentindo o constrangimento dos iniciantes”


Em uma das sessões com Lopes, Mercedes fala sobre a paixão, que as pessoas se apaixonam pela sensação de estar amando, e não pelo amado em si. Durante algum tempo me vi pensando nesse trecho do livro, que como ela mesma diz “É uma possibilidade”.

Divagando sobre o tema cheguei a algumas conclusões vagas a respeito, mas convenhamos que quando nos apaixonamos por uma pessoa, a pessoa que estamos de fato apaixonada não é o corpo em si (isso seria tesão e nada mais) mas a pessoa de dentro, pela sensação que nós temos ou criamos de que estamos amando, de que estamos felizes com a companhia daquela pessoa, com os sorrisos que damos juntos, com a aproximação, enfim...

Mercedes diz que o fim do “algo” recém-nascido nela, porém não batizado foi como uma televisão que sai do ar e fica ali o chiado, além da luz incomoda no escuro...
O que é o fim de um relacionamento?

São justamente esses barulhos em nossas mentes, aquela luz incomoda que não nos deixa dormir. Passamos a refletir no que deu certo, no que deu errado, no que poderíamos ter feito para dar certo ou no que pecamos que deu errado...

“Se não era amor, Lopes, era da mesma família. Pois sobrou o que sobra de corações abandonados. A carência. A saudade. A mágoa. Um quase desespero...

São tantas perguntas, tantos questionamentos...

Isso porque o amor é muito maior do que qualquer palavra, Camões, Clarice Lispector nem a própria Martha Medeiros consegue explicar o que é amar, ser amado e estar amando...
Mercedes também não sabe.
Vai ver é mesmo da mesma família...

Divã é a primeira novela [literária] da poetisa, cronista gaúcha Martha Medeiros. Divã é o relato emocionante de uma mulher que se descobre falível (e quem de nós não é?) capaz de ter sentimentos contraditórios, paixões voláteis e emoções à flor da pele.

Mercedes tem mais de 40 anos e é a prova viva de que é possível viver bem com qualquer idade e prova mais, nossos questionamentos jamais se extinguem...

Divã foi adaptado para o teatro, com a diva Lilia Cabral como protagonista. A peça foi vista por mais de 150 mil espectadores em todo o Brasil. Divã também virou seriado pela Rede Globo de televisão com Lilia Cabral também como protagonista e tornou filme com a mesma atriz interpretando Mercedes.

E se você ainda não leu o livro, não viu o seriado ou não assistiu ao filme... Caramba! Levanta logo a bunda da cadeira e vamos lá...

Divã é um livro para pessoas que questionam que vivem, porém buscam saber viver, em toda essa resenha falei sobre um questionamento de Mercedes em duas páginas, o livro tem 154 páginas, ou seja, ensinamentos novos são o que não vai faltar!

Bjs doces!

E hasta La vista baby! =)

texto por Charles Nascimento, as partes em negritos são citações do livro Divã.

2 comentários:

  1. Já assisti o filme e sim é bem como você falou, todos os questionamentos que rondam Mercedes fazem parte também de nós, talvez ela represente cada um de nós que em algum momento já se viu nessa mesma situação. Ainda não tive a oportunidade de ler o livro, mas o farei com certeza!

    Abraços! Ótimo texto/resenha! (Porque foi mais que uma resenha rss)

    ResponderExcluir
  2. O livro vale super a pena Joanderson =) O seriado na Rede Globo também foi excelente!
    E obrigado ;)

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião/crítica/elogio sobre o assunto!
Esse espaço é seu... E a gente se encontra por aqui...

Pages

Loading...

Pesquise na Wikipedia

Resultados da pesquisa

Pages - Menu

Deixe aqui seu e-mail :)