Pages - Menu

terça-feira, 15 de outubro de 2013

CINCO ANOS – Resenha

Olá amigos do Charles Letrando.
Hoje estou aqui com a nobre missão de resenhar um dos melhores livros da minha extensa leitura desse ano, CINCO ANOS da autora Cristiane Broca.
Confesso que essa também foi à resenha mais difícil a se fazer e eu vou logo explicar: Quando vi a sinopse do livro, me chamou atenção duas coisas:
1.      – Romance Nacional, nova autora.
2.      – Onde você se imagina daqui a cinco anos? Essa frase mexeu comigo.
Esses foram os motivos para eu comprar o livro (que veio lindamente autografado) e consumi-lo em uma leitura rápida e gostosa.

Ângela é uma protagonista bem estilo dos romances nacionais, não é certinha (longe disso) ela erra pra caramba e isso meio que a humaniza, ela vive a vida para cuidar do pai que já está velho e tenta a todo custo conseguir um bom emprego em um Jornal de sua cidade, por conta disso ela não tem vida social muito menos vida amorosa.
Mas, durante um grande evento em sua cidade ela conhece um jornalista (Marcos) que mexe com ela e faz a tal pergunta que dar nome ao livro: Onde você se imagina daqui a cinco anos? Essa pergunta à pega desprevenida e ela não sabe o que dizer, mas decide iniciar uma jornada na vida olhando para si mesma, marcando o tempo e assumindo as rédeas da própria vida, no final de cada ano ela faz um balanço dos mesmos. Nesses anos Ângela erra e acerta muitas vezes (eu particularmente acho que ela mais erra, mas torna a história agradável, afinal nós também na grande maioria erramos muito e acertamos pouco). Ângela acaba descobrindo que tudo tem o seu tempo para acontecer e não adianta querermos avançar ou simplesmente passar por cima dos mesmos.
Ângela é uma garota travada quando o assunto é relacionamentos, bem como Marcos, cada um da sua maneira e com motivos diferentes, mas que acabam se unindo, acredito eu que por se acharem tão iguais e diferentes eles acabam se aproximando.



A história tem uma narrativa bem agradável que faz você querer ler a página seguinte, diferente de alguns outros romances o número de páginas não torna o livro chato ou enfadonho, eu prefiro livros mais enxutos 200 e poucas páginas, por exemplo, porque eu acredito que a história fica mais alinhada, sem barriga ou mesmo enrolação, entretanto as 348 páginas de CINCO ANOS valem realmente a pena!

A qualidade dos diálogos é impressionante. A boa descrição dos fatos me fez várias vezes imaginar perfeitamente cada local, cada aspecto, cada personagem.
Destaco as páginas:
42, 88, 120, 136, 192 e 235.

Um ponto fraco do livro que eu observei é alguns erros na separação das sílabas quando a palavra termina conexa a margem, o que não atrapalha a leitura, mas que não pude deixar de observá-los.

Cristiane Broca te leva a cidades do interior de São Paulo e a própria capital indo e voltando de uma forma única, as descrições dos lugares são primorosas.

As folhas do livro são amarelas facilitando a leitura.
O tamanho do livro é excelente.
A diagramação e espaço entre as linhas é outro ponto facilitador para quem o ler.

A capa traz a figura de dois jovens que representam Ângela e Marcos, e sempre que eu leio eu fico voltando na capa tentando criar a imagem deles em minha cabeça, com Marcos foi um pouco complicado, não imagino ele como o da capa, mas Ângela é ela.

O livro te leva do riso ao choro (sim, chorei em alguns trechos). A história é harmônica sem tropeços ou com falhas tudo caminha impecavelmente.  Ah vai uma dica se você quer ler o livro:
Preste atenção nos diálogos com respeito ao Ícaro da mitologia grega.
No final do livro há uma metáfora com respeito a esse personagem incrível.
Citações de “Vento no Litoral” da banda Legião Urbana.

A autora Cristiane Broca

Enfim um livro que vale a pena tirar um tempo para ler. Um romance jovem-adulto criado para quem gosta desse estilo, pois ele não foge a regra. Que Cristiane Broca possa nos oferecer novos ótimos livros como foi CINCO ANOS.

Mas, vai uma dica de um blogueiro e leitor voraz a querida autora:
Não caia no Sparkianismo, o hábito do Nicholas Sparks em criar sempre histórias parecidas abusando sempre das mesmas ideias, pois embora ele seja um ótimo autor de romances, já estou começando a avançar livros a frente dos dele, então novas ideias é fundamental!

Abraços a todos!

Até a próxima, leia Cinco Anos! :D

Um comentário:

  1. Obrigada pela bela resenha, Charles, e também pelas dicas. Prometo tentar variar minhas histórias para não cair no mais do mesmo *---*
    Obs: Concordo plenamente com a sua ideia de descrição dos personagens. A Ângela é a moça da capa perfeita, o Marcos, foi o mais próximo que consegui do da minha imaginação rs. Também amei que você tenha gostado da Ângela do jeito que ela é, imperfeita, que tenha chorado e estado com ela em todos os momentos. Felicidades em seus próximos Cinco Anos, e em todos os outros também!

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião/crítica/elogio sobre o assunto!
Esse espaço é seu... E a gente se encontra por aqui...

Pages

Loading...

Pesquise na Wikipedia

Resultados da pesquisa

Pages - Menu

Deixe aqui seu e-mail :)